RÁDIO VITÓRIA GOSPEL - A MELHOR RÁDIO GOSPEL DO BRASIL: Adultério – Você está imunizado?

PLAYER ALTERNATIVO

.

Adultério – Você está imunizado?

OFERECIMENTO: CAPITAL FINANCIAMENTOS - PARANAVAI - PR
Você, com certeza, sabe a história de um homem conhecido na Bíblia como sendo “um homem segundo o coração de Deus”. Nem precisa dizer que esse homem se chamava Davi. O homem segundo o coração de Deus, em algumas circunstâncias entristeceu o coração de Deus.
Uma dessas circunstâncias foi quando ele cometeu um adultério com Bate-Seba. Para evitar o mesmo erro de Davi, podemos estar atentos a algumas coisas na nossa vida pessoal e conjugal.
Cada vez mais, ouvimos casos de infidelidade conjugal nos dias de hoje. Antigamente, a traição por parte do marido era assustadoramente superior à infidelidade por parte da esposa. Mas essa situação mudou e a porcentagem de mulheres que traem seus maridos sobe cada vez mais; inclusive nos círculos evangélicos. Será que existem vacinas para um marido ou uma esposa não trair sexualmente seu cônjuge? O que podemos fazer para estarmos, como casais, cada vez mais imunes à infidelidade sexual? Evidentemente que essa vacina não está disponível na farmácia ao lado. Especificamente para o casamento, a maneira de ficarmos imunes é tomando atitudes práticas no dia a dia. Uma das mais renomadas especialistas americanas em casos de infidelidade, Vaughan, afirma: “É como tomar uma pílula diária para o resto da vida”. Portanto, vamos descrever algumas atitudes, que você marido e você esposa, podem tomar para que não caiam nessa armadilha que todos os dias nos são colocadas.
1 – Jamais diga que cometerá adultério. Se existe um livro que deveria ser reeditado, com certeza é o que se chama: “O mito da grama mais verde”. No capítulo 5, citando Ellen Williams, o autor faz uma citação importante: “Se você está pensando, em seu íntimo: ‘um caso jamais poderia me acontecer’, está em dificuldades. Crer que somos imunes nos deixa completamente expostos e desprotegidos”. Se você quer ser fiel ao seu cônjuge não caia nessa cilada de pensar que você jamais irá cometer esse pecado que tantos males tem causado aos casamentos, famílias, igrejas e à sociedade em geral. Lembre-se do que disse Paulo: “Aquele que está em pé, olhe para que não caia” (1Co 10.12). Quando reconhecemos que podemos cair na tentação do adultério, estamos dizendo a nós mesmos que quem nos sustenta é Deus (Sl 125.1). Portanto, se você quer ser imunizado contra o veneno do adultério, mantenha-se humilde e reconhecendo que quem nos livra da tentação e nos capacita para resistir às ciladas malignas é Deus (Lc 22.46; Ef 6.11).
2 – Seja transparente com seu cônjuge. Uma outra atitude para não cair em adultério é manter o seu cônjuge informado de qualquer aproximação suspeita por parte de uma outra pessoa do sexo oposto. Quando os casais mantêm o canal de comunicação aberto, existe liberdade para se compartilhar sentimentos e possível affair (um “caso”) por parte de uma pessoa. Não se iluda: a aproximação e olhares suspeitos estão em todas as partes. Podendo inclusive partir de um irmão ou irmã que esteja participando dos trabalhos da sua própria igreja. Quando um marido pede à esposa para ajudá-lo a observar o comportamento estranho de uma pessoa suspeita de uma abordagem suspeita, ele está dizendo: “Querida, eu tenho um compromisso exclusivo com você e gostaria que me ajudasse a observar o comportamento de fulano ou ciclano”. Você não precisa se abster de amizades sadias com pessoas do sexo oposto, todavia, quando acende aquela luz amarela, indicando que não existe mais um relacionamento sadio e que a outra pessoa está entrando no campo sensual, então é hora de comunicar e compartilhar com o seu cônjuge.
3 – Mantenha-se afastado da pornografia. Nos dias de hoje, existe uma nova modalidade de infidelidade: a virtual. Em nossos trabalhos com casais temos visto muitos com sérios problemas conjugais tendo como pano-de-fundo o vício de visitas a sites de conteúdo pornográficos, bem como, chats (salas de bate-papo) na Internet. A entrada para sites pornográficos é bem mais fácil do que se pensa. Muitos provedores estão apelando e atraindo homens e mulheres para visitarem fotos de modelos em poses sensuais e provocantes. A visita de sites pornográficos e salas de bate-papo de conteúdo obsceno, além de ser um tipo de infidelidade, abre uma tremenda brecha para um relacionamento físico futuro (Jó 31.1).
4 – Torne o relacionamento sexual com seu cônjuge algo excitante e prazeroso. Certa vez, vendo um desses programas em que mostra como é a vida animal nas savanas africanas, vi um leopardo abater com certa facilidade um cervo manco. Se aquele cervo tivesse com as pernas em perfeito estado, talvez com muita velocidade e um pouco de sorte, poderia sair a salvo daquela perseguição. Mas o leopardo, com o seu instinto predador, escolheu sabiamente aquele cervo com problemas nas pernas. Muitos maridos e esposas estão como aquele cervo: mancos sexualmente. São presas fáceis. Por isso, uma pílula que devemos tomar diariamente para nos imunizarmos de um adultério é viver uma vida sexual prazerosa, excitante e criativa com o cônjuge que Deus nos deu (Pv 5.15). Se tivermos um banquete sexual com nosso cônjuge, será mais fácil não comer migalhas lá fora. Lembre-se: Leão saciado não devora o domador!
adulterio
5 – Pegue um táxi. O filme “Infidelidade” aborda a história de uma esposa infiel, mas que tinha um marido que a amava e uma família harmoniosa. No dia em que ocorreu um tremendo vendaval em New York, ela se viu dentro de um apartamento com um belo e sedutor rapaz. O que era um gesto de solidariedade, passou a ser uma relação extremamente explosiva de pura sensualidade entre uma mulher casada e um jovem sedutor. No final do filme, analisando toda a desgraça que trouxe para seu casamento e sua família, recapitulando aquele dia do vendaval, ela se lembrou que naquele exato momento passava um táxi. Em vez de ceder ao convite do jovem sedutor para subir em seu apartamento e trocar de roupa, ela poderia perfeitamente ter pegado o táxi e voltado para casa. Você se lembra do patriarca José? Quando ele percebeu que humanamente não poderia resistir à mulher de Potifar, a melhor saída foi “pegar um táxi”, ou seja, sair correndo, dar no pé (Gn 39.12).
Portanto, converse com seu cônjuge a respeito desses assuntos supracitados, para que ambos estejam imunizados. Firmem um contrato de sempre orarem um pelo outro, de estarem abertos para uma ajuda mútua quando houver um ataque exterior no campo da sexualidade. Conversem também a respeito de como podem melhorar o relacionamento sexual e façam um contrato de jamais visitarem sites pornográficos. A título de sugestão, no link www.clickfamilia.org.br/downloads/ navegador.doc você encontrará instruções de como bloquear a visitas de sites com conteúdo duvidosos. E lembre-se: Quando tudo falhar, pegue um táxi! Dê o fora, corra. Faça como José, dê no pé. Mais do que uma rima, é um bom exemplo a ser seguido!
:: Pr. Gilson e Elizabete Bifano

OFERECIMENTO:
CAPITAL FINANCIAMENTOS - PARANAVAI - PR
AV. PARANA, 298 - CENTRO
TELEFONE (44) 3422-7189
EMPRÉSTIMO CONSIGNADO 
PARA APOSENTADOS E PENCIONISTAS
COM A MENOR TAXA DE JURO
Fonte BLOG: www.RadioVitoriaGospel.com
O SITE DA RÁDIO VITORIA GOSPEL
ESTA COM CHAT DE BATE PAPO (AO VIVO)
ACESSE: www.VitoriaGospel.com
PEÇA SUA MUSICA E DEIXE SEU RECADO
RÁDIO VITÓRIA GOSPEL
A MELHOR RÁDIO GOSPEL DO BRASIL !!!



Nenhum comentário:

Postar um comentário